MISSÃO, VISÃO E VALORES

GESTÃO E TRANSPARÊNCIA

Instituição central responsável pela formulação e implementação de políticas culturais no município de Sobral. Políticas, programas e projetos que promovam, incentivem e desenvolvam a formação, a criação, a produção, a pesquisa, a difusão e a memória das artes visuais, do audiovisual, do circo, da dança, da literatura, da música e do teatro. Política Pública concebida em uma acepção de construção democrática dos caminhos necessários para alcançar objetivos estabelecidos a partir do diálogo entre governo, sociedade e agentes culturais.

A construção de uma cultura cidadã, o aprofundamento da territorialização da cultura, o fortalecimento da institucionalidade cultural, o crescimento da economia da cultura, a ampliação do diálogo intercultural e o alargamento das transversalidades da cultura são desafios que servem de guia para a formulação dos programas e projetos desenvolvidos pelo Instituto ECOA. Inspirado pelas formulações em torno da cidadania cultural, o Instituto compreende a cultura como um direito humano fundamental e afirma a força da política cultural na instituição de uma nova cultura política. Portanto não desenvolvemos a política cultural com objetivos civilizatórios, ou algo próximo desta intenção. Nosso esforço se baseia na plena garantia dos direitos culturais.

Entendemos que a ECOA SOBRAL como Escola cuja função primeira é o desenvolvimento das capacidades cognitivas de seus usuários, através da mediação social da cultura e da arte. E a sua ação central é possibilitar o acesso à produção cultural universal e, ao mesmo tempo, a difusão da cultura sobralense, com intenção e sentido expressivamente de natureza educativa e formadora, atingindo, indistintamente, a todas as camadas sociais com uma programação pautada pela acessibilidade, abrangência de linguagens e pluralidade de manifestações.

Nesse sentido, além de acolher espetáculos e programas de produtores externos, a ECOA se propõe a criar condições para desenvolver ações de elaboração e realizações próprias autosustentáveis, buscando um envolvimento mais aprofundado nos sistemas educativos, formador e simbólico da sociedade, e, principalmente, nas comunidades carentes das periferias, entorno da cidade e distritos de Sobral.

Last modified: 2 de abril de 2019